sábado, 22 de dezembro de 2012

Arroz com pequi e bife

Tenho muitas memórias de uma época em que as minhas poucas preocupações se resumiam a não me sujar muito na rua, não quebrar lâmpadas com uma bola ou raquete e não rasgar a roupa de palhaço na matinê de carnaval. A maioria delas envolve comida. E talvez a mais forte delas envolva um prato que não era muito comum onde morávamos.

Eu tinha pouco mais de cinco anos quando morava com meus pais e meu irmão em Uberaba, interior de Minas Gerais. Viajávamos muito para Goiânia para visitar meus avós e tios. E era na cozinha da avó Gladys que a mágica acontecia. Ela preparava um delicioso arroz com pequi, acompanhado de um magnífico bife acebolado.

Dizem que o segredo para se gostar do pequi está na escolha do primeiro caroço que se experimenta. Ou você se apaixona ou odeia. Eu acredito que aqueles que dizem não gostar de pequi, certamente deram sua primeira mordida em um caroço sem graça ou amargo; ou talvez tenham enchido a boca de espinhos na primeira mordida. Pois é. O pequi é traiçoeiro.

Comigo não! O cuidado da minha avó e da minha mãe eram tamanhos que eu nem precisava morder o caroço. O pequi já chegava ao meu prato raspado e sem espinho, misturado no arroz, com rodelas de cebola e bife todo picado por cima. Facilidades que são direito apenas dos pequenos.

Com o tempo, aprendi a cortar meu próprio bife e a morder meu próprio pequi. Habilidades que só aumentaram ainda mais o meu apreço por esse tradicional prato da culinária goiana. O contrabando de pequi entre Goiânia e Uberaba que minha avó sempre fazia mantiveram o gosto e o hábito, que se mantém até hoje, muitos anos depois.

Boa notícia sobre o fim do mundo


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

O Prisioneiro do Céu, de Carlos Ruiz Zafón

O Prisioneiro do Céu deixa ainda mais amarrado o universo que Zafón já havia apresentado junto com O Jogo do Anjo e A Sombra do Vendo. O autor amarra algumas pontas que ficaram soltas nos outros dois romances e, claro, deixa outros ganchos para novos enredos. Suspense e ação nas medidas certas.
Edição : 1 / 2012
Idioma : Português
Número de Paginas : 248
Tradutor : ELIANA AGUIAR
Clique aqui para comprar O Prisioneiro do Céu 

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Mussum Ipsum

Se você curte o Lore Ipsum, vai gostar ainda mais do Mussum Ipsum. A grande vantagem do Mussum Ipsum, em relação ao original, é possuir acentos. O que é muito bom para exemplos de textos em português. Além de ser engraçado!

Mussum ipsum cacilds, vidis litro abertis. Consetis adipiscings elitis. Pra lá, depois divoltis porris, paradis. Paisis, filhis, espiritis santis. Mé faiz elementum girarzis, nisi eros vermeio, in elementis mé pra quem é amistosis quis leo. Manduma pindureta quium dia nois paga. Sapien in monti palavris qui num significa nadis i pareci latim. Interessantiss quisso pudia ce receita de bolis, mais bolis eu num gostis.

Suco de cevadiss, é um leite divinis, qui tem lupuliz, matis, aguis e fermentis. Interagi no mé, cursus quis, vehicula ac nisi. Aenean vel dui dui. Nullam leo erat, aliquet quis tempus a, posuere ut mi. Ut scelerisque neque et turpis posuere pulvinar pellentesque nibh ullamcorper. Pharetra in mattis molestie, volutpat elementum justo. Aenean ut ante turpis. Pellentesque laoreet mé vel lectus scelerisque interdum cursus velit auctor. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam ac mauris lectus, non scelerisque augue. Aenean justo massa.

Disponível com até seis parágrafos no site mussumipsum.com ou em outras versões em diversos sites. Basta pesquisar no Google.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Lorem ipsum

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aenean commodo ligula eget dolor. Aenean massa. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Donec quam felis, ultricies nec, pellentesque eu, pretium quis, sem. Nulla consequat massa quis enim. Donec pede justo, fringilla vel, aliquet nec, vulputate eget, arcu. In enim justo, rhoncus ut, imperdiet a, venenatis vitae, justo. Nullam dictum felis eu pede mollis pretium. Integer tincidunt. Cras dapibus. Vivamus elementum semper nisi. Aenean vulputate eleifend tellus. Aenean leo ligula, porttitor eu, consequat vitae, eleifend ac, enim. Aliquam lorem ante, dapibus in, viverra quis, feugiat a, tellus. Phasellus viverra nulla ut metus varius laoreet. Quisque rutrum. Aenean imperdiet. Etiam ultricies nisi vel augue. Curabitur ullamcorper ultricies nisi. Nam eget dui.

Lorem Ipsum é simplesmente uma simulação de texto da indústria tipográfica e de impressos, e vem sendo utilizado desde o século XVI, quando um impressor desconhecido pegou uma bandeja de tipos e os embaralhou para fazer um livro de modelos de tipos. Lorem Ipsum sobreviveu não só a cinco séculos, como também ao salto para a editoração eletrônica, permanecendo essencialmente inalterado. Se popularizou na década de 60, quando a Letraset lançou decalques contendo passagens de Lorem Ipsum, e mais recentemente quando passou a ser integrado a softwares de editoração eletrônica como Aldus PageMaker.

É um fato conhecido de todos que um leitor se distrairá com o conteúdo de texto legível de uma página quando estiver examinando sua diagramação. A vantagem de usar Lorem Ipsum é que ele tem uma distribuição normal de letras, ao contrário de "Conteúdo aqui, conteúdo aqui", fazendo com que ele tenha uma aparência similar a de um texto legível. Muitos softwares de publicação e editores de páginas na internet agora usam Lorem Ipsum como texto-modelo padrão, e uma rápida busca por 'lorem ipsum' mostra vários websites ainda em sua fase de construção. Várias versões novas surgiram ao longo dos anos, eventualmente por acidente, e às vezes de propósito (injetando humor, e coisas do gênero).

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Coleção de Lenços Escoteiros

Tenho uma coleção de lenços que não é muito grande, mas é muito querida. Cada lenço trocado traz junto uma história, uma lembrança, uma conversa, uma pessoa.